Usamos cookies neste site para melhorar a sua experiência enquanto utilizador.

Ao continuar a navegar no nosso site está a consentir a sua utilização.

Portugal

Ectoparasitas

Ectoparasitas em cães e gatos

Resumo

Os ectoparasitas alimentam-se das descamações da pele ou do sangue dos animais e podem provocar lesões através da perda de sangue e da irritação de pele. Muitos parasitas externos (por exemplo as carraças) são também vectores de doenças sistémicas graves (Babesiose; Doença de Lyme, etc.). Outros parasitas (por exemplo Sarcoptes) também são transmitidos aos humanos (sarna sarcóptica: zoonose). 

Sintomas

Os ectoparasitas incluem uma vasta gama de artrópodes da classe Acari (carraças e ácaros) ou da classe Insecta (pulgas, piolhos mastigadores e sugadores, mosquitos, moscas e flebótomos).

Os sinais clínicos de uma infecção parasitária dependem da natureza e espécie do parasita externo presente na pele do animal. Os sintomas associados com alguns ectoparasitas (pulgas, ácaros, carraças, etc.) podem incluir:

  • Coceira
  • Os animais esfregam-se
  • Mastigam com muita intensidade provocando feridas abertas
  • Perda de pêlo
  • Pelagem em mau estado

Se forem observados estes sinais clínicos, deve consultar o médico veterinário.

O animal pode não exibir quaisquer sinais clínicos de infestação parasitária (como acontece no caso das carraças). O único sinal pode ser a carraça presa à pele do animal, devendo esta ser removida imediatamente a fim de prevenir a transmissão de doenças. 

O animal pode apresentar sinais clínicos de doença sistémica transmitida por uma carraça ou por flebótomos (por exemplo Babesiose, Ehrlichiose, Leishmaniose, etc.). No caso de observar algum sinal clínico, deve consultar o médico veterinário. 

Diagnóstico

Existem muitos parasitas externos que afectam os cães e os gatos, sendo as pulgas os mais comuns. Uma infestação por pulgas é ao mesmo tempo desagradável e potencialmente perigosa para o animal e para o seu dono (ver: secção das pulgas, secção das carraças).

As carraças são artrópodes que se alimentam do sangue do hospedeiro, podendo provocar uma infecção local quando são removidas de forma incorrecta ou transmitir doenças.

Também existe uma vasta variedade de ácaros (sarna notoédrica, sarcóptica e otoédrica), cheyletiellose, ácaro da colheita, demodecose que podem afectar cães e gatos. Alguns destes parasitas externos são transmitidos aos humanos, denominando-se as doenças de zoonoses.

 

A suspeita clínica é confirmada após vários exames de rotina à pele, tais como exame aos pêlos, teste da fita de celulose e raspagens de pele, efectuadas pelo médico veterinário.  

Tratamento

É importante tratar os parasitas externos pois:

• Podem provocar lesões de pele

• Podem induzir respostas imunopatológicas (dermatite alérgica à picada da pulga)

• Podem transmitir outros organismos que provocam doença (por exemplo doenças transmitidas por carraças)

• Podem ser transmitidas aos humanos (sarnas)

• Podem interferir com a aproximação humano-animal

• O seu controlo permite manter os animais saudáveis   

O tratamento dos ectoparasitas dependa da natureza e da espécie do parasita envolvido. O tratamento necessário para os eliminar depende de cada parasita. Se um cão apanhar uma carraça, a melhor coisa a fazer é levar o animal ao médico veterinário a fim de a remover correctamente, assegurando que todas as peças bucais da carraça foram removidas. Se forem deixadas na pele podem provocar uma infecção. 

Prevenção

A prevenção dos ectoparasitas é a chave principal. A maneira mais fácil de diminuir a hipótese das infestações por pulgas e carraças é através de medicamentos preventivos para estes parasitas e devem ser utilizados regularmente. A medicação providencia um controlo eficaz das infestações presentes e previne-as de voltarem. A maior parte dos medicamentos disponíveis podem ser fornecidos pelo médico veterinário, que poderá fornecer a informação e conselhos necessários para a saúde e bem-estar do animal, aconselhando a melhor maneira de prevenir cada um dos ectoparasitas.

Produto(s) em destaque

 

Stronghold, Promeris, Promeris duo

 

Contacto

Lagoas Park
Edificio 10
2740-271, Porto Salvo
Tel: 21 0427200