Usamos cookies neste site para melhorar a sua experiência enquanto utilizador.

Ao continuar a navegar no nosso site está a consentir a sua utilização.

Portugal

Clamidiose Felina

Resumo

A Clamidiose é uma doença que ocorre em gatos por todo o mundo, sendo muito prevalente em locais com elevada densidade de gatos. Os olhos persistentemente congestionados são o sintoma mais comum. A vacinação é útil para controlar esta doença incómoda.

A clamidiose felina é uma infecção dos olhos provocada pela bactéria Chlamydophila felis (anteriormente chamada Chlamydia psittaci). É uma doença que afecta os gatos por todo o mundo. A infecção por Clamídia também afecta os humanos, porém a Chlamydophila felis está muito adaptada a gatos, sendo rara a transmissão da doença de um gato previamente infectado ao homem.

Causas

A bactéria Chlamydophila é rapidamente transmitida entre gatos. Pode ocorrer em gatos de qualquer idade, apesar de ser mais comum em jovens (5 semanas a 3 meses de idade) e em animais de gatis, onde é difícil debelar a doença principalmente se estes estiverem sujeitos a stress provocado pela introdução de novos gatos.

Geralmente a bactéria provoca uma conjuntivite persistente de baixo grau (inflamação da mucosa ocular e pálpebras). Também pode afectar o nariz provocando espirros, corrimento nasal e, mais raramente, pode afectar os pulmões.

Cerca de 30% dos casos de conjuntivite em gatos são provocados pela Chlamydophila felis.

A Clamidiose raramente é fatal em gatos, o que a torna numa doença grave é a sua persistência, principalmente em gatis.

Os desinfectantes comuns eliminam facilmente a bactéria e esta não sobrevive muito tempo no meio ambiente. A transmissão ocorre por contacto directo com um gato previamente infectado.

Sintomas

O sintoma mais comum é a conjuntivite persistente. É uma inflamação da mucosa das pálpebras e da mucosa do globo ocular. Os olhos podem apresentar uma coloração vermelha e o corrimento ocular ter uma consistência que vai de aquosa a espessa, semelhante a pus. Ao contrário da gripe, inicialmente a Clamidiose manifesta-se apenas num dos olhos, antes de se disseminar para o outro.

Semanas ou meses depois, o gato ainda pode apresentar um corrimento escuro e pegajoso à volta dos olhos, principalmente nos ductos lacrimais, sendo necessária a sua remoção. Esta situação pode ser um problema grave em gatos com o nariz curto e pêlo comprido.

Outros sintomas comuns no início da doença:

  • Espirros e corrimento nasal
  • Febre e perda de apetite

Os sintomas agravam-se se o gato estiver simultaneamente com gripe.

Diagnóstico

Diagnóstico clínico

  • Os sintomas não se distinguem de outras causas de conjuntivite.
  • Só se suspeita de clamidiose quando a conjuntivite é um sintoma persistente, principalmente quando ocorre em gatis ou em locais com uma elevada densidade de gatos.

Testes de diagnóstico

  • Envio de esfregaço ocular para o laboratório para identificação da bactéria.

Tratamento

  • Administração prolongada de antibióticos, quer por aplicação tópica ocular, quer por via parenteral.
  • Cuidados intensivos com o objectivo de remover os corrimentos e garantir que o animal se alimenta, a fim de uma recuperação mais rápida.

Prevenção

A prevenção da doença passa pela vacinação. A vacina nem sempre previne a infecção, mas diminui a severidade da doença.

A vacinação é mais importante em gatis.

O médico veterinário ira aconselhar o protocolo vacinal mais adequado para cada caso.  

 

Produto(s) em destaque

Fevaxyn iCHPChlam, Pentofel, Versifel CVR-C

Contacto

Lagoas Park
Edificio 10
2740-271, Porto Salvo
Tel: 21 0427200